7 filmes para os amantes da Fotografia

Mesmo com técnicas mais evoluídas que outrora, o Cinema continua sendo uma sucessão de frames, de quadros ou imagens fixas sequenciais que dão movimento a uma cena. Por isso, neste Dia Mundial da Fotografia, selecionamos filmes que unem essas duas artes que sempre andam juntas: o Cinema e a Fotografia.

A lista abaixo traz documentários e ficções que permitem compreender as linguagens e história de alguns grandes nomes da Fotografia e podem servir de inspiração para quem quer se aventurar na arte de fotografar.

 

leibovitz
– Annie Leibovitz – A Vida Através das Lentes (Annie Leibovitz: Life Through a Lens, 2017, direção de Barbara Leibovitz)

Annie Leibovitz, conhecida como fotógrafa de celebridades, destacou-se por seus retratos, como, por exemplo, de Whoopi Goldberg, Mick Jagger e os últimos momentos de vida de John Lennon com Yoko Ono, e pelos registros das guerras em Sarajevo e Ruanda. O documentário, dirigido pela filha de Annie, conta a vida e carreira da fotógrafa através de depoimentos da própria Annie e de pessoas com as coisas trabalhou.

 

Ansel_Adams_(2002)
Ansel Adams: A Documentary Film (2002, direção de Ric Burns)

O documentário realizado por Ric Burns, não lançado no Brasil, retrata a história do fotógrafo Ansel Adams. Reconhecido por suas fotos em p&b de paisagens do oeste americano, Adams foi a principal influência para que a Fotografia de Paisagem fosse vista como arte.

 

25630_Duane_Michalsjpg
– Duane Michals – O Homem que Inventou a si Mesmo (Duane Michals: The Man Who Invented Himself, 2012, direção de Camille Guichard)

O autodidata Duane Michals foi visto como rebelde e inovador por suas fotografias inusitadas e por usar sequências de imagens e incorporar textos escritos à mão para que suas fotos contassem uma história mais significativa. É nesse contexto que Camille Guichard captura a essência de Duane.

 

war_photographer_poster
– Fotógrafo de Guerra (War Photographer, 2001, direção de Christian Frei)

Indicado como melhor documentário no Oscar de 2002, Fotógrafo de Guerra mostra o trabalho do renomado fotojornalista americano James Nachtwey. Apesar de ser conhecido como um repórter de guerra por cobrir muitos conflitos armados, sua fotografia se estende para questões sociais, como a miséria e a violência.

 

5ecwkbyt
Henri Cartier-Bresson – Biographie eines Blicks (2003, direção de Heinz Bütler)

Henri Cartier-Bresson, francês que difundiu o conceito do instante decisivo, é um dos principais nomes do fotojornalismo do século XX. No documentário de Bütler, há entrevistas e análises que permitem conhecer mais sobre o fotógrafo e sobre suas técnicas.

 

O-Sal-da-Terra-Poster-2
– O Sal da Terra (Le Sel de la Terre, 2014, direção de Juliano Ribeiro Salgado e Wim Wenders)

O Sal da Terra conta a trajetória e os bastidores do trabalho de Sebastião Salgado. O fotógrafo brasileiro registrou acontecimentos no mundo todo, como conflitos internacionais, a fome, o êxodo, e, mais recentemente, territórios imaculados. O filme foi indicado ao Oscar e recebeu o Prémio do Júri na seção Un Certain Regard do Festival de Cannes 2014 e o prêmio César de melhor documentário.

 

21051885_20131022192106654
– Repórteres de Guerra (The Bang Bang Club, 2010, direção de Steve Silver)

Repórteres de Guerra baseia-se na história real de quatro fotógrafos que registraram os conturbados últimos dias de apartheid na África do Sul. Um dos fotógrafos do grupo era Kevin Carter, responsável pela famosa foto do urubu à espreita da criança.
 
Conhece outro filme que deveria estar nessa lista? Compartilhe conosco!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s